Rua Heitor Stockler de França, 356 Centro Cívico | Curitiba - PR
55 41 3307-7000 | 55 41 3307-7020
   
Notícias

Empresários do Paraná lucraram bilhões com exportações em 2019

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2020
US$ 126 bilhões. Este foi o montante que os empresários paranaenses movimentaram em exportações no ano de 2019 por meio do Instituto de Planejamento e Promoção de Comércio Exterior (IPPEX) da Faciap, federação de empreendedores que há 60 anos trabalha para fortalecer os negócios no Paraná.
US$ 126 bilhões. Este foi o montante que os empresários paranaenses movimentaram em exportações no ano de 2019 por meio do Instituto de Planejamento e Promoção de Comércio Exterior (IPPEX) da Faciap, federação de empreendedores que há 60 anos trabalha para fortalecer os negócios no Paraná. O valor deve ser ainda maior em 2020. Porque mais empresários estão compreendendo que exportar é possível e viável, desde que ele tenha o conhecimento e o apoio adequados para realizar as operações. E o IPPEX atua com o olhar voltado tanto para o empresário que quer começar e não sabe nada a respeito do assunto, quanto para os que já exportam e precisam de documentação e parceiros comerciais. Um dos fatores essenciais por trás das transações internacionais é a elaboração do Certificado de Origem. O documento confere tratamento especial às operações para países com os quais o Brasil possui acordos comerciais, como redução ou isenção do imposto de importação de produtos no destino. No ano passado, Equador, Bolívia, Argentina, Colômbia, México, Israel, Egito, Venezuela, Panamá e Chile foram os principais países de destino das exportações brasileiras dentro dos acordos comerciais. O Certificado de Origem ganhou uma versão digital para os processos de exportações entre o Brasil, Argentina e Uruguai. O COD - Certificado de Origem Digital, como é chamado, também proporciona facilidade nas negociações internacionais porque dispensa o uso de documentos em papel, o que gera economia e aumenta a segurança das transações. O arquivo é criptografado e enviado digitalmente ao importador. O Instituto Ippex, por meio do seu sistema de emissões, foi o pioneiro na implantação dessa tecnologia em 2013 nas negociações entre Brasil e Argentina. Neste ano, novos países, como Colômbia e Paraguai, estão realizando os testes finais para implantação do projeto piloto.
Fonte:
 
Copyright © IPPEX - Todos os direitos reservados.